Blog.

Armadillo: verão 2014

Acabamos de atualizar o site, blog e versão mobile de Armadillo para verão 2014. Visite já.

armadillo-verao2014

Share
2 comentários

Responsive webdesign NETbureau

Você não precisa ser designer, nem nerd, para entender do que se trata Responsive Webdesign. Na realidade, apesar do complicado nome em inglês, a técnica Responsive Design nasceu para simplificar nossa navegação à partir de smartphones.

A técnica surgiu para que a navegação, à partir de celulares smartphones, seja mais confortável, eliminando ou ao menos minimizando muito, a necessidade de dar zoom para clicar num link, para ver um conteúdo ou preencher um formulário.

Bom, já que é possível navegar confortavelmente, porque não usar o celular para comprar, resolver tarefas quotidianas e se informar?

Diante desse universo em expansão, concluímos que a necessidade atual do mercado é internet móvel. Seja aplicativo ou site mobile, a audiência que cresce está usando dispositivos móveis.

Se a sua empresa necessita de uma solução móvel, temos uma divisão específica que pode desenvolver seu site mobile ou aplicativo.

Share
2 comentários

NETbureau 2012

Criar o próprio site, para uma agência web é um processo ainda mais intenso, que envolve toda uma análise sobre as últimas tecnologias, a definição do que é relevante, além de um pensamento sobre o posicionamento atual do negócio.

Posicionamento estratégico para desenvolver um site?

Cada site que desenvolvemos, desde nossa inauguração em 1998, envolveu um planejamento estratégico, uma análise sobre o posicionamento da empresa e o que acreditamos ser a tendência do momento, além do que acreditamos para o futuro.

A comunicação digital que conhecemos hoje, é extremamente diferente da que conhecíamos há poucos anos e da que estará em uso nos próximos. O grande sucesso do momento, pode estar esquecido daqui a cinco anos e o que não imaginamos agora pode ser comum em poucos anos.

Inovar, comunicar, transformar.

No campo das tendências que estamos apostando, convidamos você a abrir nosso site no smartphone, num tablet, no notebook, no desktop com tela grande, ou até mesmo na TV/monitor. Brinque com a janela do seu navegador, esticando, encolhendo e repare como o conteúdo se adapta perfeitamente ao tamanho da janela.

Esta característica chama-se responsive webdesign, e nasceu da diversidade de resoluções de tela que dispomos atualmente.

Share
1 comentário

Pagamentos via celulares, tablets e smartphones: NFC já está aí!

E pra quem acha que a tecnologia já está avançada demais, uma notícia de arregalar os olhos: daqui a oito anos, em 2020, a maioria dos pagamentos, compras e transações bancárias deverá ser feita por meio de smartphones e tablets – é praticamente um adeus ao dinheiro vivo ou cartões de crédito.

Foto: Reprodução

Essas informações vêm de um estudo recente feito pela consultoria Pew Research, nos EUA. De acordo com eles, um em cada dez internautas americanos já usou o celular para fazer uma doação por SMS, um em cada três para verificar o extrato em suas contas bancárias e quase 50% já comprou aplicativos direto pelo aparelho.

Esses pagamentos serão realizados através da tecnologia NFC  (Near Field Communication) – uma nova tecnologia que permite conectividade sem fio de curto alcance. Parece mais fácil do que quando definido: é só aproximar seu celular de outros dispositivos com NFC e pronto, tudo feito. Essa tecnologia evoluiu de uma combinação de tecnologias já existentes de identificação e interconexão.

A tendência deve explodir com a crescente mobilidade do mundo da tecnologia – que, diga-se de passagem, avança rapidamente. No fim das contas, o dinheiro provavelmente será inutilizado. Mas será mesmo? Vamos aguardar!

Share
6 comentários

Sites que não são mobile acabam com a bateria do celular

(Fonte da imagem: ThinkStock)

Um dado muito curioso que encontramos agora pouco: uma pesquisa realizada pela Universidade de Stanford, nos EUA, constatou que a navegação web está entre um dos recursos que mais consemem a bateria de smartphones. E disse mais: a culpa não está em como os aparelhos são usados e, sim, nos desenvolvedores para sites móveis que “abusam”de “tecnologias caras demais”para a bateria desses aparelhos.

Como assim? É muito simples. Um site móvel deve ser criado com poucos recursos (imagens, animações, etc.) para que não exijam tanto não só da conexão, mas do aparelho em si. Numa linguagem mais técnica, a energia é consumida mais rápido no download de processamento das folhas de estilo (CSS) e execução de JavaScript, além do carregamento de imagens e plug-ins.

Comparação um pouco egoísta, pois cada site tem uma finalidade diferente, mas a pesquisa comenta que o Gmail é considerado o site que menos consome energia – já o da Apple está no topo dos que mais acabam com a bateria.

O que importa mesmo é que os brasileiros estão começando a aderir os sites mobile. E a NETbureau já tem até uma divisão especial pra isso e podemos ajudar a sua marca a não consumir a bateria de ninguém! Conheça: NETbureau.mobi

Share
2 comentários

Feito a mão num pc,
com html5, Sass e Sublime.
Tipografia por Lora e Lato.
Alimentado por Boilerplate, G-fonts e WP.